Potência do Ar Condicionado - Como Calcular?

Muitas pessoas perguntam como calcular a Carga Térmica para dimensionamento de ar condicionado para utilização em dormitório ou mesmo num pequeno escritório. Veja aqui algumas variáveis para o correto dimensionamento.

Norma Técnica ABNT NBR 16401

Desde agosto de 2008 foi publicada a atualização da Norma NBR 6401 para NBR 16401-1 / 16401-2 e 16401-3 Projetos de Instalações de Ar Condicionado. ABNT NBR 16401-1 Parte 1: Referente a Instalações de Ar Condicionado - Sistemas Centrais e Unitários. Leia mais.

Como Funciona o Ar Condicionado?

Um ar condicionado usa um material chamado de "fluido de trabalho" (Fluido Refrigerante) para transferir energia de dentro de um quarto para o exterior. O fluido de trabalho é um material que se transforma fácilmente de gás para líquido e vice-versa, sob um grande intervalo de pressão e temperatura.

Cursos em Sistemas de Ar Condicionado

Cursos e Treinamentos sobre Sistemas de Ar Condicionado, Curso Técnico Gratuito no SENAI, Curso em Ar Condicionado Automotivo e outras dicas você encontra aqui.

Split Inverter - O mais Silencioso

O modelo mais silencioso do mercado chega ao país. LG anuncia Ar Condicionado Split Libero Inverter no Brasil e amplia a área de negócios de Ar Condicionados da empresa destacando investimentos globais, além de empreendedorismo local com vendas recordes em 2010.

Seu Banner Aqui

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

DICAS, INFORMAÇÕES e CURIOSIDADES

DICAS, INFORMAÇÕES e CURIOSIDADES
Existem dois tipos de sistemas de ar-condicionado automotivo mais utilizados, que são o de sistema de AC com válvula de expansão e o outro com tubo de expansão. Olhe pelo desenho, as diferenças existentes.Sistema de refrigeração/ar condicionado automotivo com válvula de expansão:1. Válvula de expansão2. Evaporador3. Ventilador4. Compressor5. Condensador6. Secador do reservatórioVapor de alta pressão Líquido de alta pressão Líquido de baixa pressão Vapor de baixa pressãoSistema de refrigeração/ar condicionado automotivo com tubo de expansão:Alta pressão líquido Alta pressão vapor Baixa pressão líquido Baixa pressão vaporVeja no site Oficina do Brasil matéria sobre:Sistemas de ar-condicionado também exigem revisões periódicas"Como na maioria dos componentes do veículo, no sistema de ar-condicionado podem ser feitas as manutenções corretiva e preventiva. O ideal é que as peças sejam checadas a cada seis meses... [mais]Respire limpo, respire melhor. Faça a higienização do sistema de ar-condicionado do seu veiculo e verifique sempre o estado do filtro de habitáculo do seu veiculo automotivo, a cada 10.000 Km ou a cada 6 meses, o que vier primeiro (dependendo do ambiente, e qualidade do ar que o veículo freqüenta).POR QUE UTILIZA-lo?Trânsito / Clima tropicalO ar condicionado vem sendo usado em um número cada vez maior de automóveis. Vários fatores têm influenciado este aumento. Além do preço mais baixo, a questão do conforto também faz o motorista preferir enfrentar o trânsito sem ter de suportar o desgaste com o calor tropical típico de boa parte do país, e o barulho ensurdecedor dos grandes centros urbanos.SegurançaO aumento da criminalidade também conta - muita gente prefere poder dirigir com os vidros fechados e, assim, evitar assaltos nos faróis, e o incomodo de vendedores / panfletagem.Para aqueles que gostam de estrada e economiaAlém desses motivos, com o vidro do automóvel aberto, o vento entra pelas janelas e "segura" o carro, principalmente quando ele está em velocidade alta, provocando o chamado "arrasto". Isso faz com que o motor seja mais exigido, com desgaste e consumo de combustível maior. Hoje é até difícil ver carros com quebra-vento.O brasileiro leva em conta que com os vidros fechados, o carro tem menor arrasto. Há mais economia de combustível e menor desgaste do motor.Qualidade de vidaUm fator muito importante é a qualidade de vida que o ar condicionado proporciona aos usuários de veículos automotivos. A satisfação de estar em um ambiente confortável, sem barulho, evitando respirar poluição do ar, como a fumaça de caminhões, ônibus e automóveis, tem influenciado muito aos usuários de ar condicionado automotivo a utiliza-lo cada vez mais. Reduzindo o stress principalmente para aqueles que tem o seu veículo como uma ferramenta de trabalho.Dicas:Veja como usar corretamente o equipamento de ar condicionado do seu automóvel consulte um manual ou um técnico especializadoTome como hábito fazer uma revisão geral em seu ar condicionado pelo menos uma vez ao ano, pois ele foi fabricado para durar muito tempo e lhe proporcionar conforto e satisfação.- Após o estacionamento prolongado sob o sol forte, ligue o sistema e ande por alguns minutos com as janelas abertas permitindo a expulsão do ar excessivamente quente, mais rapidamente. Logo após feche as janelas, nunca deixando a menor entrada de ar externo, para um melhor aproveitamento da refrigeração.Se o seu equipamento tiver um termostato você deve usar na posição máxima quando dentro de cidades e 1/3 a menos, quando em estradas. Mas se o seu for automático, você não precisa se preocupar.Sempre que possível mande examinar a tensão da correia do compressor e não se preocupe com a água que normalmente escorre através dos tubos de drenagem do seu evaporador, para fora e de baixo do carro. Trata-se da desumidificação do ar interno, que seu aparelho removeu para o exterior. Obs.: Se o nível da água do motor estiver diminuindo, complete até o nível e procure imediatamente um mecânico especializado ou fale com nossos técnicos especializados (tecnico@arcon.srv.br).Dias de chuva, aparelho de ar condicionado funciona também como desembaçador dos vidros, além de manter uma temperatura interna constante, a gosto do usuário.A fumaça e o ar viciado dentro do seu carro devem ser eliminados, abrindo-se, por alguns minutos, os quebra ventos ou janelas, ou desligando o sistema de re-circulação de ar interno, concomitantemente com o uso do sistema de ventilação, nos carros que possuem.O condensador colocado à frente do radiador do seu carro deve ser mantido o mais limpo possível, livre de insetos e outros detritos, a fim de permitir plena capacidade ao sistema.Durante o inverno ou nos períodos em que o aparelho não seja usado por muito tempo, deve-se liga-lo por algumas vezes durante a semana, a fim de se evitar danos no compressor principalmente no selo retentor de vedação do eixo e mangueiras especiais de refrigeração, conseqüentemente escape do gás refrigerante.Obs.: Para quem tiver paciência, e quiser retirar o cheiro de mofo do ar condicionado. Primeiro ligue o carro, deixe a ventuinha do motor acionar 2 vezes, coloque ventilador e o aquecedor no máximo e deixe o ar condicionado desligado, feche todo o carro e aguarde uns 10 minutos. Desligue o ar quente e deixe somente na ventilação por mais 3 minutos. Pronto, se o cheiro ainda persistir, procure a Arcon ou uma oficina especializada, para efetuar uma higienização completa, limpando o evaporador e os dutos de ventilação. Tome muito cuidado com o sistema de ar quente, pois se o botão estiver duro, não force porque a válvula de ar quente, cabo ou controle estão com, algum problema, e procure a Arcon ou uma oficina especializada.CuriosidadeO sistema de ar-condicionado automotivo, tem partes derivados da borracha, como mangueiras, anéis O’ring e selos retentores de compressores. Estes componentes estão sujeito a desgastes e ressecamento, devido ao calor do motor e coletor do escapamento, e muitas vezes por não utiliza-lo periodicamente. Por isto, recomenda-se o uso de no mínimo 2 vezes por semana, durante mais ou menos 10 minutos, principalmente no inverno, quando muita gente deixa de utiliza-lo.Hoje em dia, na maioria dos sistemas de ar-condicionado automotivo, existe um filtro de habitáculo, que filtra o ar que respiramos. Isto quer dizer, que o ar que respiramos é limpo, evitando que as partículas de sujeira entrem, para dentro do interior do habitáculo, e muitas vezes, sujando e contaminado o evaporador. Também, existem alguns filtros que filtra até o odor desagradável e a poluição, como o monóxido de carbono, expelido pelos automóveis. Recomendamos a verificação do filtro, a cada 10.000 Km, ou 6 meses, dependendo do nível de poluição e o ambiente freqüentado pelo veiculo.Faça uma verificação no seu sistema de ar condicionado automotivo o mais rápido possível, é para a sua saúde.Solicite também a verificação do filtro de habitáculo do sistema de ar condicionado.TRATAMENTO DE ARO ozônio pode tratar ar contaminado tanto direta como indiretamente. Em aplicações diretas é injetado por ventilação a favor da corrente de ar. Em aplicações indiretas é usado para tratamento de água de torres de refrigeração de equipamentos centralizados de ar condicionado.Em ambientes secos, com baixa umidade relativa do ar, com uso isolado, ou simultâneo, de aparelhos de ar condicionado, carpetes sintéticos, tintas metalizadas nas paredes, iluminação fluorescente, e outras radiações ionizantes, o simples movimento das pessoas no local produz forte ionização positiva. Tais ambientes produzem estresse, dores de cabeça, tensões nervosas, insônia em níveis bem acima da media de ambientes com umidade relativa maior. Com o ambiente levemente ozonizado ocorre um extraordinário ganho em termos de bem estar, ou seja, comportamento mais harmônico nas relações humanas, mais capacidade de trabalho e melhores condições de lazer e de noites bem dormidas.A emissão de ozônio no ambiente em concentrações que não ultrapassem 0,001 ppm elimina fungos, bactérias e micro organismos no ar. Na prática, em lugares úmidos é usada para impedir o "bolor" nos armários de roupas e as doenças alérgicas provocadas pelos micros agentes de toda espécie, polens e materiais diversos em suspensão no ar.A injeção de ozônio no ar é utilizada em ambientes de centros cirúrgicos para manter altos níveis de esterilização durante ou entre as cirurgias.Nota Importante:Você sabia que em muitos sistemas de ar-condicionado pode se ligar o ar quente juntamente com o ar frio (refrigerado)? Hoje em dia, na maioria dos sistemas de climatização automotiva, é manual, mas tão eficiente que pode se “temperar” (climatizar), a temperatura do ar interno do veiculo, de acordo com sua necessidade. Isto quer dizer que você pode controlar o grau de temperatura interna desejada, sem estragar nenhum componente do sistema de ar condicionado ou ar quente. Por exemplo: No dia de muito frio e chuva, para o desembaçamento do vidro do pára-brisa, o usuário liga o ar condicionado e fica com frio ou deixa de utiliza-lo, correndo grande risco de acidente. Neste caso, poderia se acionar o ar-condicionado (refrigerado), juntamente com o ar quente, ”misturando”, ou climatizando, de acordo que a temperatura desejada, ou seja, o usuário fica com maior visibilidade no pára-brisa, e mais conforto e segurança para dirigir.NOTÍCIAS DELPHIDelphi disponibiliza Kit de Ar Condicionado do Astra ao Mercado de Reposição.A Delphi Aftermarket Operations, uma das unidades de negócio da Delphi Automotive Systems, está disponibilizando o kit de ar-condicionado do Astra no mercado de reposição nacional.O produto possui alto conteúdo de peças com tecnologia de ponta e é o único no mercado com caixa evaporadora original, assim como a maioria das peças.Através do controle pela centralina (ECM), é possível a compensação de marcha lenta, corte de compressor em ultrapassagem, diagnóstico que pode ser feito pelo Scanner e aviso de anomalia através do acionamento de luz no painel.Além disso, o sistema de aquecimento é mantido e o compressor variável proporciona otimização do consumo de combustível.Outra vantagem é a utilização do filtro de pólen que dificulta a entrada de impurezas tais como fumaça, fungos e ácaros, fazendo com que motorista e passageiros respirem um ar de melhor qualidade dentro do veículo.Manual detalhado, mangueiras de alta qualidade, anti-oxidante e painel de controle original são algumas das características exclusivas deste produto.Os kits de ar-condicionado possuem garantia de 12 meses e podem ser encontrados nos postos autorizados Delphi, cuja lista encontra-se no site da Delphi (http://www.delphiauto.com.br/). http://www.arcon.srv.br/dicas.asp (murilo, veja fotos)

Vídeos de ar condicionado

domingo, 22 de janeiro de 2012

Resultado da Pesquisa: Profissões

Em 2011 disponibilizamos uma pesquisa para os visitantes de SAC - Sistemas de Ar Condicionado. Assim, conseguimos conhecer um pouco sobre nosso público e trabalhar em novos artigos buscando atender o gosto de todos.

Agradeço as pessoas que participaram da pesquisa. Você também pode participar, responda a nova enquete que está em andamento. Você tem ar condicionado? Qual a marca do seu aparelho de ar condicionado?

Participe do SAC, indique algum artigo que gostaria de ver aqui, envie sua sugestão e opinião, deixe seu comentário ou preencha o formulário no fim da página. Em breve teremos novos artigos! Clique na imagem para ampliar.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Fluido refrigerante Opteon da Dupont

A DuPont investe pesado no desenvolvimento de seus produtos, indica John Julio Jansen, vice-presidente da divisão de polímeros de engenharia para a América Latina. Segundo ele, a empresa gasta US$ 1,8 bilhão em pesquisa e desenvolvimento, grande parte voltada para produzir materiais ambientalmente aceitáveis. Um dos focos são as tintas para a indústria automobilística, que são feitas base água em vez de usar solvente.

Outra área de investimento são os fluidos refrigerantes, gás que vai dentro da geladeira, do ar condicionado de veículos e equipamentos residenciais. A nova linha de fluidos refrigerantes Opteon, segundo Jansen, apresenta baixíssimo GWP (potencial de aquecimento global), cujo índice é 99,7% menor em comparação a fluidos refrigerantes utilizados atualmente, e são também inofensivos à camada de ozônio.

"Esse é um bom exemplo de como focar o desenvolvimento sustentável, e de como a pesquisa de produtos pode trazer soluções que não causam impacto ambiental. Mais ainda: como esses produtos podem ser eficientes do ponto de vista energético", diz ele. De acordo com o executivo, a meta da DuPont é que os produtos sustentáveis representem nos próximos dois anos algo como 35% do faturamento da empresa, cerca de US$ 31 bilhões em 2010.
Fonte: Portos e Navios

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Vidro Inteligente reduz consumo de energia

São Paulo - A tecnologia para criar vidros inteligentes, que se tornam opacos ou transparentes conforme a necessidade, já existe. Mas agora empresas norte-americanas estão entrando nessa produção e barateando seus custos. Na prática, isso significa uma redução enorme nos gastos com energia.


Os chamados vidros inteligentes possuem uma tecnologia que, com o uso de uma corrente elétrica de baixa voltagem (e que quase não consome energia), consegue escurecer ou clarear as janelas feitas de material cerâmico. Isso significa que, em um dia de pouca luminosidade, em vez de acender todas as luzes da sua casa, você pode permitir que o máximo de luz natural entre. Em um escritório clássico - onde as janelas nunca ficam abertas e a conta do ar condicionado sobe conforme o sol fica mais forte - basta que se escureça as janelas para que o ambiente fique em uma temperatura mais agradável.

Essa tecnologia é cara, mas, com a entrada de grandes indústrias de manufatura e até de pequenas start-ups, especialmente nos Estados Unidos, a tendência é que o preço caia a partir do ano que vem. E as janelas ultra-eficientes poderão ser usadas em prédios comerciais ou residenciais, onde as pessoas poderão alterar a opacidade delas usando apenas um interruptor.
Empresas norte-americanas também estudam a possibilidade da criação de janelas inteligentes que não precisam nem da energia gasta com a corrente elétrica. Essas janelas ainda mais avançadas seriam sensíveis à temperatura - se tornando cada vez mais opacas conforme a incidência solar aumente.

sábado, 26 de novembro de 2011

Filtro de ar captura vírus da gripe

Ambientes fechados são lugares altamente desaconselhados em épocas de gripe.
Mas essa facilidade de contaminação poderá ser largamente reduzida com filtros de ar capazes de remover os vírus das gripes e resfriados.
Esta é novidade apresentada por Xuebing Li e seus colegas da Academia Chinesa de Ciências Agrícolas, em Lanzhou.
Os pesquisadores criaram um novo material que pode ser incorporado ou substituir as fibras usadas na construção não apenas de filtros de ar-condicionado de edifícios e automóveis, mas também de máscaras de uso pessoal.
O material é capaz de capturar os vírus influenza antes que eles cheguem aos olhos, narizes e bocas das pessoas e comecem a causar infecções.
Um filtro passivo, capaz de capturar vírus, pode se tornar uma ajuda valiosa para a redução do uso de medicamentos, com seus altos custos e efeitos colaterais.
Quitosana biofuncionalizada
O material é feito à base de quitosana, uma substância presente nas carapaças dos camarões.
As fibras antivirais são criadas agregando a proteína hemaglutinina às fibras de quitosana.
"A hemaglutinina na superfície do vírus é responsável por grudar o vírus à superfície da célula hospedeira por meio de glicoligantes, como a sialilactose, sendo portanto um alvo atrativo para os projetos antivirais," explicam os pesquisadores.
Eles afirmam ainda que o processo pode ter usos ainda mais amplos na medicina.
"Mais importante, esses materiais representam uma abordagem interessante para colocar um ligante de proteína em um suporte de quitosana, que é uma plataforma versátil para a biofuncionalização molecular e, portanto, pode ser usada não só para projetos antivirais, mas também para desenvolvimentos como o diagnóstico e a entrega de medicamentos," concluem.
A quitosana já vem sendo utilizada por pesquisadores brasileiros para a fabricação de materiais hospitalares e de filtros para metais pesados.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Telhados verdes podem dispensar o uso de ar condicionado

Recurso, cuja origem está no paisagismo, transforma capacidade natural das plantas em ferramenta de equilíbrio térmico.

São Paulo – Horizonte desenhado por grandes edificações, solo forrado com concreto e escassez de áreas verdes - o cenário mais conhecido das metrópoles pode estar em vias de mudar com a popularização dos telhados verdes. O recurso inovador, originado de técnicas de paisagismo, transforma a capacidade natural das plantas de absorver gás carbônico e reter calor em ferramenta que trabalha para diminuir a temperatura do ambiente, além de contribuir para a diminuição da poluição do ar nos arredores da construção.

Estudos conduzidos pela EPA (Enviromental Protection Agency), órgão do governo americano para o meio ambiente, apontaram que a temperatura média no verão em um telhado verde pode ser registrada entre 33 e 48 graus, enquanto que, num telhado convencional, chega a atingir a marca de 76 graus.
A disseminação dos tetos verdes pode tornar o uso do ar condicionado obsoleto, pois a estrutura de vegetação que protege uma laje assume o papel de escudo contra o calor do verão tropical e reduz até 30% a temperatura dentro de uma casa, por exemplo. Durante o inverno, a estrutura funciona como isolante térmico ao impedir que o calor armazenado internamente seja liberado.
Mas antes de correr escada acima, é melhor ter em mente que construir um telhado verde envolve muito mais que o mero posicionamento de vasos num espaço vazio. De acordo com Paula Magaldi, paisagista paulistana e especialista na técnica, é preciso saber se o local é adequado para suportar o peso que será colocado por cima.
A impermeabilização é um ponto chave que, associado à maneira como será feita a drenagem e o escoamento da água, formam a lista de requisitos que uma edificação tem de preencher para receber os estratos e substratos de vegetação que vão formar a área verde.
Também não basta escolher as primeiras plantas da entrada do supermercado. Apesar de ainda vivermos num mundo onde a flora é vasta e variada, existem espécies que suportam mais incidência de luz que outras ou que precisam de mais manutenção.
O preço final da instalação e manutenção do teto verde, entretanto, depende de variáveis que vão desde o tamanho da área a ser coberta até o tipo de planta que será usada. Mas é possível estimar que os benefícios ecológicos que oferecem podem ser encarados também pelo viés financeiro. “O telhado verde é capaz de valorizar em até 20% o preço de um imóvel”, pontua a paisagista. Além disso, no médio prazo, será possível contar com uma conta de luz mensal mais amigável para o bolso.
Fonte: Exame

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Limpeza de Dutos Sua Marca Aqui Sua Marca Aqui Sua Marca Aqui Sua Marca Aqui Sua Marca Aqui

COMPARTILHE E FAVORITO

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More